8 Motivos para contratar um arquiteto

Quando se pensa em construir ou reformar, algumas pessoas ficam com dúvida se deve contratar um profissional e se este deve ser um arquiteto ou engenheiro. O correto é contratar o arquiteto para elaborar inicialmente o projeto arquitetônico e os engenheiros serão responsáveis pelos projetos complementares, ou seja, cálculo estrutural (dimensionamento das fundações, superestrutura, etc), projeto elétrico, projeto hidráulico, entre outros.

Na hora de construir ou reformar podem surgir algumas dúvidas sobre como agir. Para te ajudar, o CAU/BA selecionou 8 motivos para você contratar um Arquiteto:

  1. O arquiteto e urbanista é o profissional certo para transformar as suas necessidades e desejos em soluções espaciais, e construir ou reformar o seu imóvel.
  1. Ele tem uma formação única que o habilita a unir técnica, criatividade, funcionalidade e estética, deixando o seu imóvel mais agradável, ambientalmente sustentável e adequado às suas necessidades e ao seu orçamento.
  1. Contratar um arquiteto é um investimento com retorno imediato e também recompensa mensurável a longo prazo. Além de construir com garantia de segurança, uma obra feita sob a orientação de um arquiteto agrega valor ao imóvel.
  1. Contratando um profissional de arquitetura e urbanismo você evita gastar dinheiro de forma desnecessária, construindo algo diferente do que realmente queria.
  1. Você também não corre o risco de comprar material a mais ou a menos: ele vai calcular a quantidade necessária e elaborar um orçamento para facilitar a sua programação financeira.
  1. O arquiteto é o profissional técnica e legalmente autorizado a fazer o projeto arquitetônico, a exigência central para que sua casa seja construída, e pode também realizar e/ou coordenar os projetos complementares necessários à sua construção.
  1. Devido à sua ampla formação técnico-artística, o arquiteto está unicamente preparado para gerenciar todos os fornecedores da obra, do fabricante de ferragem pronta à loja de papel de parede, e prestar ajuda técnica e estética na compra dos materiais.
  1. Além de coordenar todos os projetos, o arquiteto pode também se responsabilizar pela execução das obras de sua construção ou reforma, das providências legais à contratação de operários, oferecendo um elenco completo de serviços.

A Lei 12.378 de 31de dezembro de 2010 regulamenta o exercício da Arquitetura e Urbanismo, criando o Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Brasil ­ CAU/BR e os Conselhos de Arquitetura e Urbanismo dos Estados e do Distrito Federal. Esta lei

Fontes:

http://www.caubr.gov.br/?p=22689;

http://www.caubr.gov.br/wp-content/uploads/2012/07/L12378.pdf